Bem-vindo


21 de set de 2010

Estamos muito entristecidos


A família concordiana está enlutada pelo falecimento do colega Jone Carlos Schultz que estava cumprindo seu período de estágio na Congregação Ressurreição de Ministro Andreazza/RO. Jone encontrava-se internado em virtude de grave acidente de trânsito sofrido no domingo e veio a falecer na manhã desta terça-feira, dia 21/09. É como se estivesse faltando um pedacinho de nós. Já sentíamos sua ausência aqui no Seminário Concórdia e agora tentamos nos habituar à lacuna permanente que ficará entre nós. Neste momento nos unimos à família e pedimos o consolo de Deus.

Transcrevemos abaixo a mensagem veiculada no informativo semanal do Seminário Concórdia que expressa nosso sofrimento e a esperança que temos:

“Preciosa é aos olhos do SENHOR a morte dos seus santos” [Salmo 116.15]
Há pelo menos duas possibilidades de tradução para este versículo. “Preciosa é aos olhos do SENHOR a morte dos seus santos”, ou “Difícil [duro] é aos olhos do SENHOR a morte dos seus santos”. Seja qual for a opção, em ambas Deus nos diz algo.
Por um lado, deve de fato ser muito duro para o Senhor ter que interromper a existência de seus filhos aqui neste mundo. Ele conhece toda a nossa fraqueza e ele sabe que sofremos muito com isso. Quem sabe melhor do que isso do que a Carolina, esposa do Jone e os pais do Jone...? Jesus revelou “esse lado” do Pai ao chorar quando ficou sabendo que um dos seus santos, Lázaro, havia falecido.
Por outro lado, a interrupção da vida aqui também é preciosa aos olhos do Senhor, pois ela ocorre, independentemente da situação, sob o olhar poderoso e compassivo do Senhor. Ela só acontece nessa hora porque Deus estava vendo tudo.
Os santos que ficam podem ter esperança nessas horas tão sombrias, em que parece tudo tão sentido, pois nosso Senhor Jesus foi à frente para matar a morte e terminar com seu poder. A morte não tem mãos. Jesus é o Senhor e nas mãos Dele está o Jone e todos os santos em Cristo!

Veja também a mensagem do Pastor Presidente da IELB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário